Reaproveitamento de água: dicas e cuidados.

A preocupação sobre o uso consciente da água está cada vez mais crescente no Brasil. Com os constantes racionamentos do recurso em diversos Estados do País, a população vem sofrendo com esvaziamento dos reservatórios hídricos, causando problemas na produção de energia e também na distribuição de água nas grandes cidades. Por esse motivo, adotar na nossa rotina alguns hábitos de reaproveitamento de água, que geralmente é descartada, pode ser uma boa alternativa para diminuir o consumo da água tratada e encanada.

No post de hoje, vamos compartilhar algumas dicas e cuidados que você deve ter ao reaproveitar a água na sua casa para garantir a melhor utilização desses recursos naturais.

Como usar a água descartada pela máquina de lavar

Um dos maiores volumes de água desperdiçada em casa vem da máquina de lavar roupa e louças. Elas podem representar cerca de 40 a 50% do volume de água consumido em uma residência. A máquina de lavar apresenta duas fontes importantes de água que podem ser reaproveitadas:

A água da primeira lavagem, que apresenta sabão, sujeiras e outros resíduos em sua composição; e a água do ciclo final, que é usada na centrifugação das roupas.

A água de lavagem dura pouco tempo e deve ser utilizada rapidamente, já que, por conter sabão e outros resíduos, ela concentra muitas bactérias e pode perder sua qualidade rapidamente. Por esse motivo, ela deve ser usada somente para a descarga no vaso sanitário.

Já a água da centrifugação é uma fonte praticamente limpa, isenta de sabão ou outros resíduos, e pode ser usada em tarefas como a limpeza da casa, a irrigação de plantas, higienização de louças ou até mesmo em outra rodada de lavagem das roupas.

Como usar a água da chuva

A água da chuva não é uma água potável, por isso você não pode usá-la para tomar banho ou para lavar pratos e frutas, porém, ela pode ser usada para limpar calçadas, na descarga ou até para regar suas plantas.

Você pode usar baldes para armazenar a água no momento da chuva ou então para recolher o volume que está escorrendo do telhado nas calhas.

Mas atenção: não se esqueça de usar uma tampa para fechar esses reservatórios durante o período em que esse volume não estará sendo usado para evitar depósito de ovos do mosquito da dengue.

Como usar a água da pia

Reutilizar a água que foi usada para lavar pratos e panelas não é uma opção para reaproveitamento, já que elas estão contaminadas com grandes concentrações de gordura, açúcar e outros resíduos.

Por outro lado, a água utilizada para limpar vegetais e frutas (especialmente sem sabão) pode ser reaproveitada para regar plantas ou fazer faxina.

 

TORNEIRA VAZANDO PODE CONTRIBUIR COM O DESPERDÍCIO DE ÁGUA.
RESOLVA AQUI »

Como usar a água do banho

Um volume enorme da água consumida em casa é perdida na hora do banho. Esse volume também pode representar entre 30 e 40% do total consumido por uma família durante o dia.

A alternativa mais simples para reaproveitar essa água é colocar baldes no chuveiro enquanto você toma um banho, mas alguns jovens empreendedores criativos já começaram a desenvolver uma peça que fica posicionada no piso, capaz de recolher todo o volume de água gasto no banho para reaproveitamento.

Essa água pode ser usada para regar plantas, dar descarga e até higienizar calçadas e quintal, te ajudando a economizar até 30% do volume de água gasto em casa por dia.

As alternativas citadas acima são maneiras práticas e simples de começar a diminuir o volume de água desperdiçado na nossa rotina, ajudando a preservar nossas reservas hídricas naturais para um futuro bem próximo.

CHUVEIRO PINGANDO PODE SER O VILÃO NO AUMENTO DA SUA CONTA DE ÁGUA.
SOLICITE REPARO AQUI »

 

 Mas atenção!

Alguns cuidados devem ser tomados no reaproveitamento de água, principalmente para não aumentar os criadouros do Aedes Aegypti:

– Não deixe água parada em pneus fora de uso. O ideal é fazer furos nestes pneus para evitar o acúmulo de água;

– Não deixe a água parada nas calhas da residência. Remova as folhas, galhos ou qualquer material que impeça a circulação da água;

– A vasilha que fica abaixo dos vasos de plantas não pode ter água parada. Estas vasilhas devem estar sempre secas ou cobertas com areia;

– Caixas de água devem ser limpas constantemente e mantidas sempre fechadas e bem vedadas. O mesmo vale para poços artesianos ou qualquer outro tipo de reservatório de água;

– Vasilhas que servem água para os pets não devem ficar mais do que um dia com a água sem trocar. E, ao trocá-la, lave a vasilha com água e sabão;

– As piscinas devem ter tratamento de água com cloro (sempre na quantidade recomendada). Piscinas não utilizadas devem ser desativadas e permanecer sempre secas;

– Garrafas ou outros recipientes semelhantes (latas, vasilhas, copos) devem ser armazenados em locais cobertos e sempre de cabeça para baixo. Se não forem usados devem ser embrulhados em sacos e descartados no lixo;

– Não descarte lixo em terrenos baldios e manter a lata de lixo sempre bem fechada;

– Sempre que observar alguma situação que você não possa resolver, avise imediatamente um agente público de saúde para que uma medida eficaz seja tomada.

Torneira pingando?

Confira o serviço de instalação de torneiras para sua casa e economize na conta de água!

Compre agora »