Medidas que você nem imaginava para economizar energia elétrica

Muitas vezes, a conta de luz no final do mês pode se tonar um verdadeiro peso no nosso bolso. Como vivemos em um mundo cada vez mais tecnológico e dependente de energia elétrica, não podemos abrir mão de uma média de consumo que atenda às nossas necessidades. Porém, com algumas atitudes certeiras, é possível economizar um bom dinheiro.

Apagar as lâmpadas quando sair ou tomar banhos mais rápidos já são cuidados mais comuns na vida cotidiana, mas existem ainda outras dicas menos usuais que podem fazer uma grande diferença. Quer descobrir quais são elas?

Conserte qualquer fiação defeituosa

Isso é mais comum do que pensamos, mas a maioria das pessoas não sabe que uma fiação defeituosa pode aumentar em muito seus gastos com energia elétrica. Quando um fio está parcial ou totalmente desencapado, por exemplo, ele pode ficar puxando carga de maneira constante, fazendo com que o aparelho em questão consuma muito mais do que deveria. E isso para não falar do risco de levar um choque ou acontecer um curto-circuito que pode até começar um incêndio.

Por isso, sempre observe atentamente a sua fiação e verifique se existem pontos de descontinuidade ou falhas. Em caso positivo, chame um profissional para consertá-lo o mais rápido possível. Assim, você reduz suas despesas com eletricidade e ainda fica mais seguro.

Renove seus eletrodomésticos

Você sabia que, grosso modo, se seus eletrodomésticos tiverem mais de 10 anos de vida, seu consumo é, em média, o dobro do de um aparelho moderno do mesmo tipo? Pense na diferença que isso pode fazer na sua conta. Uma geladeira antiga, por exemplo, tende a consumir tanto que a economia mensal gerada por sua troca pode ser suficiente para pagar a prestação da compra de um modelo mais moderno.

O mesmo princípio vale para televisores, chuveiros, micro-ondas e computadores. Renove-os sempre que ficarem muito gastos e você ganhará não só eletrodomésticos mais modernos, como também mais economicamente viáveis.

Mas atenção: é importante fazer o descarte correto e consciente dos equipamentos que não vai mais utilizar de forma a não prejudicar o meio ambiente. Informe-se como fazer um descarte de eletrodomésticos consciente aqui.

Abuse da luz natural

Não basta apenas apagar a luz quando sair ou depender das já recorrentes lâmpadas fluorescentes. Um consumidor consciente pode se valer de uma das grandes vantagens de morar em um país tropical: as muitas horas de luz solar por dia.

Essa é uma grande sacada para reduzir a conta: abra suas cortinas e janelas, coloque suas mesas no jardim ou varandas e aproveite para ler e ficar mais nesses ambientes. Sua casa e seu bolso serão eternamente gratos!

Passe mais roupas de uma só vez

Os aparelhos que precisam de grandes alterações de temperatura costumam gastar muita energia, e um deles é o ferro elétrico. Porém, é interessante saber que o seu maior gasto ocorre exatamente durante o processo de aquecimento. Depois disso, para se manter nessa temperatura, o gasto é menor. Isso significa que o ideal é acumular uma quantidade grande de roupas para passá-las na mesma hora.

Desplugue os aparelhos da tomada

A função stand by de alguns aparelhos é muito prática, porém, menos econômica do que parece. Aparelhos nesse modo podem consumir de 10 a 20% do seu gasto habitual quando ligados. Ou seja, se você deixar vários deles plugados, pode ter um gasto constante, ainda que não esteja utilizando nada. E como temos cada vez mais eletrodomésticos, a diferença pode ser elevada.

Com as atitudes certas, você pode economizar dinheiro e ainda se tornar um cidadão mais consciente e sustentável.

Serviços elétricos para sua casa

Precisa revisar ou fazer reparos nas instalações da sua casa e poupar na sua conta de energia? Contrate nossos serviços!

Compre aqui. »