Como deixar seu apartamento sustentável?

Sustentabilidade é uma palavra que se tornou de uso comum nas últimas décadas. Os recursos naturais que utilizamos para a manutenção de nosso conforto e qualidade de vida são finitos, como, por exemplo, a água utilizada para geração de energia elétrica. Isso quer dizer que, se não tomarmos nenhuma atitude, eles se acabarão um dia.

A maioria das pessoas, quando pensa sobre essa questão, acha que atitudes individuais, realizadas pontualmente, não fazem nenhuma diferença na hora de cuidar do nosso planeta. Entretanto, é mais do que necessário que cada um faça a sua parte no quesito sustentabilidade, sob o perigo de não termos recursos necessários para suprir a próxima geração.

E se engana quem pensa que, para ser sustentável, é necessário abdicar dos confortos que temos à nossa disposição e ir viver em uma casa na árvore. Com mudanças de hábitos e substituições simples em seu apartamento, já é possível contribuir para a sustentabilidade do planeta, elevar a qualidade de vida da sua família e ainda economizar uns bons trocados no final do mês.

Pronto para ter um apartamento sustentável? Confira abaixo as dicas que listamos para você e que podem lhe ajudar nessa tarefa!

Separe o lixo

[Residência+Segura] Como deixar seu apartamento sustentável 02

Deixe a preguiça de lado e comece agora mesmo a separar o lixo gerado em seu apartamento. Plásticos, metais, papelão e vidro podem ser reciclados e devem estar em sacos separados do restante do lixo, aquele que não pode ser reaproveitado. O fato de esses materiais serem reciclados em vez de irem parar no lixão ou no aterro sanitário, onde podem demorar até milhares de anos para serem decompostos, é uma ajuda e tanto para a sustentabilidade do planeta.

Grande parte das cidades brasileiras possui um serviço de coleta de material reciclável. Informe-se no site da prefeitura de sua cidade quais os dias e horários que o caminhão da reciclagem passa no seu bairro. Caso sua cidade não tenha esse serviço disponível ainda, busque por ONGs ou cooperativas de catadores e recicladores. Essas pessoas ganham seu sustento vendendo materiais recicláveis a empresas, e você pode contribuir para isso apenas doando seu lixo.

Utilize a água de maneira consciente

[Residência+Segura] Como deixar seu apartamento sustentável 03

Como dissemos na introdução desse artigo, a água é um bem esgotável. Além disso, milhões de pessoas mundo afora simplesmente não têm acesso à água potável para beber. Quase nunca pensamos sobre isso quando deixamos a torneira aberta enquanto escovamos os dentes, não é mesmo?

Por isso, passe a utilizar a água de maneira consciente e oriente a sua família a fazer o mesmo. Diminuir o tempo embaixo do chuveiro, só ligar a máquina de lavar roupa quando há roupa suja o suficiente para enchê-la até sua capacidade máxima e fechar a torneira enquanto ensaboa a louça economizam centenas (isso mesmo, centenas!) de litros de água ao mês.

Outra atitude bem simples é instalar aeradores de água nas torneiras. Eles são dispositivos baratinhos (em torno de R$10,00), que podem ser encontrados facilmente no mercado. Ao acoplá-lo na torneira, o aerador adiciona oxigênio à água, diminuindo a vazão e aumentando o volume do jato, ao mesmo tempo. O gasto com o aerador se paga em um mês, com a economia na conta de água gerada pelo uso do aparelho.

Substitua as lâmpadas

[Residência+Segura] Como deixar seu apartamento sustentável 04

Por mais que seu preço ainda seja considerado salgado, substituir as lâmpadas incandescentes e fluorescentes por lâmpadas de LED contribuirá para que você tenha um apartamento sustentável e ainda diminuirá sensivelmente sua conta de luz já no primeiro mês.

As lâmpadas de LED possuem longa durabilidade e consumem muito menos energia do que os demais tipos de lâmpadas (cerca de 70%). O investimento feito na compra desse tipo de lâmpada se paga em, mais ou menos, seis meses, dependendo da quantidade de lâmpadas que houver em seu apartamento.

Cultive plantinhas

[Residência+Segura] Como deixar seu apartamento sustentável 05

Ter um jardim em casa melhora sensivelmente a qualidade do ar que você e sua família respiram. Além disso, elas contribuem para a manutenção da temperatura do ambiente.

Invista no plantio de nativas de sua região, acostumadas ao clima e ao regime de chuvas. Isso faz com que sejam mais resistentes e que não necessitem de tantos cuidados.

Outra boa opção é cultivar uma hortinha caseira. Certos temperos como hortelã, manjericão, manjerona, salsa, cebolinha e orégano são bem fáceis de cuidar e manter. Erva-doce, camomila, pimenteiras e tomate cereja também são boas opções para hortas caseiras. Esse tipo de planta não toma muito espaço e não exige tanta dedicação para vingarem. De quebra, você terá à sua disposição, alguns vegetais sempre fresquinhos e orgânicos para incrementar o jantar da família!

Apague a luz!
[Residência+Segura] Como deixar seu apartamento sustentável 06

A matriz energética brasileira é, basicamente, hidrelétrica. Ou seja, a energia elétrica que chega em sua casa é proveniente de barragens, que utilizam água para a geração. Com a alteração do regime de chuvas em diversas partes do país e com o aumento cada vez maior do consumo, o risco de apagão é eminente. Quer contribuir efetivamente para que isso não aconteça? Então, trate de economizar energia elétrica!

Ações bem simples, como apagar a luz quando não houver ninguém no aposento, trocar a borracha da geladeira periodicamente (quando a borracha está velha, a geladeira trabalha mais e gasta mais energia), usar o ar condicionado com parcimônia e deixar a chave do chuveiro elétrico na posição “verão” sempre que possível, são atitudes bem fáceis de tomar e que já ajudam um monte.

Até mesmo coisas que parecem irrelevantes, como tirar eletrodomésticos e carregadores da tomada quando não estão sendo utilizados, podem contribuir para a diminuição de sua conta de luz. Acredite, aquela luzinha ou relógio do modo stand-by pode ser responsável por parte do valor de sua conta de luz todos os meses!

Viu só como não é difícil ter um apartamento sustentável? Então, comece a fazer sua parte agora mesmo e compartilhe nossas dicas com seus amigos!

Residência Mais Segura

O Residência Mais Segura é um programa do Porto Seguro Residência, que tem como objetivo levar informação ao público, atuando na prevenção de acidentes domésticos, principalmente com crianças e idosos, e oferecendo dicas de sustentabilidade e de proteção ao imóvel.

Agora que você já conhece as vantagens, que tal fazer o cálculo do seguro para sua residência?
Faça uma cotação »