6 dicas para uma mudança sem transtornos

Mudar de residência é sempre uma tarefa complicada que, cedo ou tarde, todos vão ter de enfrentar. Uma palavra que pode definir bem a situação é estresse. Afinal, todo o processo envolve a permanente preocupação se não esquecemos nada, se tudo está bem embalado, se nada vai ser danificado ou perdido.

Porém, é sempre possível colocar um pouco de ordem nesse caos. Desde o planejamento até a abertura da última caixa na nova casa, é possível evitar transtornos e contratempos.

Veja a seguir 6 dicas que selecionamos e que podem ajudar a fazer de sua mudança uma experiência mais tranquila.

Procure um serviço especializado

A maneira mais segura de fazer uma mudança é contratando uma empresa especializada. A grande dica aqui é pesquisar bastante e fazer diversos orçamentos. Isso porque o preço e os detalhes do serviço prestado variam muito. Há, por exemplo, empresas e contratos que preveem apenas o transporte, mas não inclui carregar e descarregar móveis. A dica aqui é pesquisar e comparar os serviços oferecidos para fazer um bom negócio.

Acerte todos os detalhes

Ao contratar algum serviço, combine de forma clara tudo que está incluso, como montagem e prazos, ressarcimentos em caso de danos e outros detalhes. Evite surpresas desagradáveis de última hora.

Desconto em transportadoras

Cliente Porto Seguro Residência tem desconto em serviços de mudanças de mobiliário.

Saiba mais »

Organize um check-list

Procure se planejar ao máximo. Não deixe para decidir ou checar coisas em cima da hora. Faça um longo check-list de itens que devem estar ajeitados e de afazeres a serem preparados. Uma mudança pode ter tantos detalhes a serem vistos e revistos quanto uma festa de casamento.

Faça um seguro

Dependendo do valor de seus móveis e objetos, e também da distância da mudança, vale fazer um seguro. Isso previne prejuízos com assaltos ou acidentes que gerem uma perda muito grande.

Verifique medidas e horários

Meça seus móveis maiores e confira se eles passam pelas portas e corredores da nova casa. O mesmo vale para condomínios, onde é preciso verificar o tamanho do elevador. Faça isso com antecedência para ter tempo de pensar em um plano B.

Em caso de condomínios, não deixe de checar os dias e horários permitidos para mudanças. E verifique também se no dia planejado não há feiras livres nas proximidades do novo endereço.

Dicas de organização

  • Ao encaixotar, divida as caixas em três tipos como, por exemplo: A, B e C. As caixas A são as que você pretende abrir primeiro, com objetos de uso diário e assim por diante.
  • Separe uma “caixa da primeira noite”, com alguns objetos e produtos de uso diário, como escovas de dente, shampoo, utensílios de cozinha, sabonete etc.
  • Planeje com antecedência em que cômodo cada coisa vai ficar e marque na caixa. Isso poupa retrabalho de mudar caixas de cômodo.
  • Ao separar caixas para a mudança, não use as muito grandes pois ficarão pesadas quando cheias.

Desapegue!

Não leve mais que o necessário. Separe roupas, utensílio e até mesmo móveis que você não usa mais e ofereça para doação, caso estejam ainda em condições de uso, ou faça o descarte adequado. Uma mudança pode ser uma ótima oportunidade para se livrar de coisas que só estão fazendo volume em casa.

Por fim, não deixe que os contratempos gerem estresse. Mudanças são complicadas por natureza. Mas com alguns cuidados elas podem ser bem mais tranquilas.

Residência Mais Segura

O Residência Mais Segura é um programa do Porto Seguro Residência, que tem como objetivo levar informação ao público, atuando na prevenção de acidentes domésticos, principalmente com crianças e idosos, e oferecendo dicas de sustentabilidade e de proteção ao imóvel.

Agora que você já conhece as vantagens, que tal fazer o cálculo do seguro para sua residência?

Faça uma cotação »