Idosos: Dicas para a prática de exercícios físicos

Os anos vão passando e, com a idade mais avançada, fica mais difícil realizar as mesmas tarefas que se fazia quando mais jovem. As facilidades da atualidade, como uso exagerado do automóvel, ajudam a manter o sedentarismo e quando se chega na melhor idade, com mais restrições no movimento, a frequência de atividade física já está comprometida.

Mas, como nunca é tarde para começar a se exercitar, temos aqui algumas dicas para os idosos começarem a praticar exercícios.

Avaliação médica

Antes de se aventurar fazendo exercícios é importante saber em que condições o idoso se encontra, por isso, é imprescindível uma avaliação médica do quadro clínico e ortopédico para que se possa identificar problemas que impeçam ou restrinjam as práticas de exercícios.

Alimentação

Depois da avaliação médica é essencial que, antes de realizar qualquer atividade física, o idoso tenha se alimentado. Não havendo nenhuma restrição alimentar, o ideal é ter uma fonte de carboidrato: pão ou bolo, frutas variadas, proteínas e uma fonte de cálcio: leite, queijo, mingau de aveia – já que os idosos, em sua maioria, tendem a ter perdas de cálcio na melhor idade.

Caminhada

Caminhar é um dos exercícios mais comuns e mais praticados no planeta. Melhora as condições cardíacas e reduz concentração de gorduras localizadas. Por outro lado, se o idoso tiver dificuldade de locomoção, a caminhada deve ser feita com supervisão para que não haja queda ou lesões por esforço.

Praticar 30 minutos por dia, 3 dias por semana é o suficiente para quem está procurando começar um melhor condicionamento físico.

Alongamento

Dicas para a prática de exercícios físicos 02

Alongamento é muito bom, seja antes de iniciar uma prática esportiva, seja simplesmente pelo fato de melhorar as articulações, circulação sanguínea, diminuir dores locais e facilitar as atividades rotineiras.

É fácil de fazer, não requer muito esforço, mas é necessário a supervisão de alguma pessoa capacitada. Cuidadores de idosos, hoje, sabem como realizar essas atividades, mas o ideal é que um fisioterapeuta esteja presente para acompanhar possíveis erros posturais.

Hidroginástica

A realização de exercícios na água diminui o impacto nas articulações e, por isso, é melhor para que tem problemas nos joelhos, por exemplo. A hidroginástica pode ajudar, também, a diminuir os sintomas de artrite.

Além de ser relaxante, a hidroginástica é ótima para aumentar a disposição, flexibilidade e resistência muscular. Como é necessário o controle respiratório, o exercício melhora a capacidade respiratória e cardiovascular.

Yoga

yoga idoso

A yoga traz diversos benefícios para todas as idades. Assim como a caminhada e a hidroginástica, praticar yoga não gera muito impacto e existe pouco risco de lesão.

Exercícios de respiração, postura e equilíbrio fazem dos praticantes pessoas com mais controle de seus movimentos, além de proporcionar momentos de relaxamento.

Seja qual for a atividade escolhida pelo idoso, é necessário que haja o acompanhamento dos familiares e em alguns casos de profissionais capacitados para a realização do exercício. Mas o importante mesmo é não ficar parado.

Residência Mais Segura

O Residência Mais Segura é um programa do Porto Seguro Residência, que tem como objetivo levar informação ao público, atuando na prevenção de acidentes domésticos, principalmente com crianças e idosos, e oferecendo dicas de sustentabilidade e de proteção ao imóvel.

Agora que você já conhece as vantagens, que tal fazer o cálculo do seguro para sua residência?

Faça uma cotação »