Você sabe a importância de ativar corretamente um alarme?

A instalação de sistemas de segurança nas casas e estabelecimentos comerciais já é uma prática bastante adotada nos dias de hoje. Afinal, armar um alarme e instalar câmeras de monitoramento ao longo desses imóveis são excelentes formas de se combater situações de risco com eficiência.

Nesse sentido, cada dia mais, o mercado direcionado para a segurança eletrônica tem ganhado força. Atualmente, já há disponível tecnologias de segurança eletrônica inovadoras e de fácil manuseio, a fim de garantir mais tranquilidade e proteção a moradores e funcionários.

Por que investir em sistemas de segurança?

Somente no Estado de São Paulo, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) registrou um aumento na margem de 56% de casos de roubos e furtos em condomínios residenciais, no primeiro semestre de 2018 — foram, nada menos do que 1.300 condutas do gênero.

Diante desse cenário, os investimentos em segurança têm se tornado absolutamente necessários, visto que dificultam consideravelmente ou, até mesmo, desestimulam potenciais atitudes mal-intencionadas.

No entanto, a aquisição de recursos tecnológicos de excelência, por si só, não é suficiente. Afinal, é necessário também contratar empresas especializadas que realizem o monitoramento do imóvel, assim você ficará mais tranquilo com seu imóvel protegido, 24h por dia.

Além de uma empresa de monitoramento, é indicado realizar as configurações do equipamento de acordo com a rotina do imóvel, realizar manutenções periódicas e principalmente: ativar e desativar o sistema nos momentos certos.

Quando ativar e desativar o alarme?

O alarme deverá ser ativado toda vez que o imóvel ficar vazio, na medida em que essa situação será o aviso para o sistema de que não terá ninguém e de que ele deverá ficar em alerta. Ao voltar, você deverá desativar o sistema logo que entrar na casa, a fim de se evitar disparos falsos do sistema de segurança.

Há ainda a possibilidade de deixar o sistema desativado parcialmente, que consiste em desligar o alarme somente em algumas áreas do imóvel.

Qual é o passo a passo para ativar e desativar um alarme?

O Alarme Mais pode ser ativado e desativado de duas formas, sem qualquer nível de dificuldade: (1) pelo celular ou (2) presencialmente.

Pelo smartphone, o cliente conta com um aplicativo para realizar a gestão do seu sistema de segurança, o Porto Seguro Alarme Mais, disponível nas versões Android e iOS. Após fazer o login de acesso, o ícone “Alarme” (representado por um cadeado) deve ser clicado.

A partir disso, o usuário somente precisa escolher entre as opções “Armar” ou “Armar parcialmente” e digitar sua senha, previamente cadastrada, para confirmação. A opção parcial permite que apenas algumas áreas do imóvel fiquem com o sistema ativado. Como exemplo, toda a residência fica com o alarme desativado, exceto a região onde há o cofre, que permanece ativo.

O procedimento de desativar o sistema via celular é basicamente o mesmo, clicando no mesmo ícone e digitando a senha do usuário. O alarme também pode ser ligado e desligado presencialmente por meio da Central Alarme Mais. Basta que seja pressionado o botão grafado com o símbolo de cadeado dentro de uma casa e mantê-lo pressionado até ouvir dois bipes.

Em seguida, o usuário precisa posicionar seu dedo no leitor biométrico na Central para confirmar e pronto! O alarme já está ativado/desativado.

Viu como é fácil realizar o arme e desarme do Alarme Mais? Não é necessário memorizar senhas gigantescas, tudo pode ser feito pelo celular ou leitura da biometria na Central.

Gostou deste artigo sobre como armar um alarme? Quer saber mais sobre outros sistemas de proteção patrimonial e modalidades de seguro? Então, siga-nos nas nossas redes sociais — FacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle+ e LinkedIn.

Conhece o Alarme Mais?

Mais do que um alarme, uma solução completa para seu imóvel.

Saiba Mais »