Saiba o que considerar ao planejar uma viagem internacional

Planejar uma viagem internacional é uma tarefa muito divertida, mas que pode ser um pouco cansativa e trabalhosa também. Afinal, são várias questões a se considerar e trabalhar para que tudo funcione bem e a viagem seja realizada com sucesso.

Abaixo, listamos alguns dos principais pontos para quem quer planejar uma viagem para outro país. O interessante é seguir a ordem de realização. Ou seja: você faz o primeiro ponto e só então começa a planejar o próximo. Fizemos isso para ordenar melhor o estágio de planejamento de uma viagem e para que você possa entender melhor como cada aspecto influenciará sua viagem. Confira nossas dicas!

Propósito da viagem

O primeiro ponto que deverá ser abordado pelo seu planejamento é o propósito da viagem. Afinal, é o motivo da viagem que vai nortear todo o planejamento.

Se a sua viagem for a negócios, ela terá particularidades que uma viagem a lazer não terá. Além disso, mesmo uma viagem a lazer pode ter muitos roteiros diferentes com base no seu propósito.

Imagine visitar o Japão, por exemplo. Quem é apaixonado por História poderá querer conhecer os palcos de muitos eventos marcantes do país, enquanto os apaixonados por tecnologia preferirão conhecer as principais novidades de Tóquio.

Determine o propósito da sua viagem e, então, passe para o próximo ponto do planejamento.

Destino da viagem

shutterstock_324426119

Agora que você já definiu o propósito da sua viagem, é hora de escolher qual o destino.

Faça uma boa pesquisa sobre os melhores destinos para o propósito selecionado por você. Se a sua intenção é viajar com os filhos e se divertir durante as férias, então procure por bons destinos turísticos para uma viagem em família, onde os mais novos não ficarão entediados e os pais também terão a oportunidade de descansar. Se procura um destino para lua de mel, o ideal é que você pesquise sobre os lugares mais românticos do mundo, além de conferir as facilidades e comodidades que podem ser oferecidos por um seguro viagem, por exemplo, o que pode te ajudar a evitar imprevistos na tão sonhada viagem.

Passagem aérea

O próximo passo do seu planejamento deverá ser a busca por uma passagem aérea, uma das grandes preocupações de quem quer viajar para fora do País e que não quer gastar uma fortuna. Mas saiba que existem algumas maneiras de economizar em uma viagem internacional com as passagens aéreas.

Uma das técnicas mais conhecidas é o uso de milhas adquiridas por meio de pontos do Cartão de Crédito. Outra maneira é ficando de olho no melhor período para fazer a compra, esperando pela época de promoções das companhias aéreas.

Troca de moedas

A seguir, com a passagem aérea adquirida ou encaminhada, o próximo passo para planejar uma viagem internacional é pensar no seu orçamento.

Nós já conversamos bastante sobre como economizar em uma viagem ou como conseguir viajar com baixo custo, mas vale comentar um pouco sobre o câmbio monetário antes de pegar o avião.

Fique de olho na taxa de câmbio do país que pretende visitar e aproveite um momento de queda para tirar vantagem na hora de trocar o seu dinheiro.

O mais importante desse processo, porém, é você saber quanto terá em mãos para poder gastar no seu destino. Essa informação será muito importante para o próximo passo do nosso planejamento.

Roteiro

shutterstock_351751730

O roteiro é o ponto mais prazeroso na hora de planejar uma viagem internacional. Afinal, é aqui que começamos a antecipar as nossas atividades durante a viagem e começamos a criar aquele frio na barriga de ansiedade.

Planejar um roteiro requer uma boa capacidade de lidar com diferentes prioridades, especialmente quando for viajar com a família, onde cada um tem um objetivo e uma necessidade diferente.

Dentre os três principais recursos que devem ser administrados, estão: desejo, dinheiro e tempo. O bom gerenciamento desse triângulo é que resultará numa boa viagem.

Comece o planejamento do seu roteiro anotando em um papel todas as atrações, cidades ou passeios que precisam obrigatoriamente estar na sua viagem. Afinal, esses itens estão ligados diretamente com o ponto inicial do nosso planejamento, o propósito da viagem.

Depois de listar os itens obrigatórios, enumere aqueles que você gostaria de abranger na sua viagem. Por fim, anote também outros itens interessantes, que você não conhecia, mas que surgiram em uma pesquisa sobre o seu destino.

Após colocar no papel esses itens, comece o trabalho de gerenciamento deles ao planejar o custo de cada atividade. Pesquise na Internet quais atividades possuem custos financeiros mais elevados e marque também os custos de tempo (quantas horas serão gastas com cada item).

Nesse momento, você começará a notar que pode ser impraticável realizar todas as atividades listadas inicialmente. Por isso, será necessário fazer um gerenciamento das suas expectativas com os recursos monetários e de tempo que você possui.

Uma boa maneira de saber o que cortar da lista é procurar por elementos em comum entre os itens. Por exemplo, passeios ou pontos turísticos numa mesma cidade ajudam a poupar tempo, enquanto que itens parecidos (dois castelos iguais, por exemplo) podem ser cortados.

Com a lista final das atrações na sua mão, finalmente coloque no papel o seu roteiro, escolhendo os dias de cada atividade.

Acomodação

shutterstock_205324165

Agora que você já sabe onde estará em cada dia da sua viagem internacional, você deve ter percebido que nasceu uma demanda por acomodações, não é mesmo?

Você precisará reservar hotéis ou pousadas para a sua viagem internacional e ter onde dormir em cada uma das cidades ou lugares que pretende conhecer.

Nesse momento, a Internet é sua grande aliada. Existem muitos sites que listam hotéis e acomodações pelo mundo, separando-os por preços, estrelas, localização e características.

Procure trabalhar sempre com o seu orçamento disponível, por mais tentador que seja pegar aquela suíte de luxo em um hotel 5 estrelas. De preferência, tente reservar os hotéis com o seu cartão de crédito, já que assim será possível parcelar o pagamento das diárias para antes da viagem.

Outro ponto importante nesse planejamento é anotar cuidadosamente o endereço de cada hotel, para saber como chegar até lá e como se locomover até os pontos turísticos que você vai visitar.

Seguro

shutterstock_257180668

Por fim, mas não menos importante, não poderíamos encerrar esse artigo sem mencionar o seguro viagem.

A contratação de um seguro de viagem é muito importante para garantir uma viagem tranquila, protegendo o viajante contra perdas de bagagem, cancelamento da viagem e outros imprevistos que possam ocorrer. Além disso, o Porto Seguro Viagem também oferece o Porto Viaje Bem, programa que possibilita diversos serviços para sua comodidade, como confirmação de reservas em restaurantes e hotéis, indicação para locação de carro, orientações sobre as principais atrações e pontos turísticos.

Aliás, em alguns países (aqueles do Tratado de Schengen) é obrigatório contratar um seguro de viagem para visitá-los.

E aí, gostou de aprender como planejar uma viagem internacional? Se você quiser receber outras dicas como essa, assine a nossa newsletter!

Mais tranquilidade em sua viagem

Um seguro viagem traz mais conveniência e pode prevenir seu passeio de imprevistos e outros custos.

Faça uma cotação »

Fonte: Exame e Uol Economia.