“Internet das Coisas”: entenda como ela está revolucionando o mercado

Com o desenvolvimento tecnológico cada vez mais rápido e o alinhamento do mundo real com o digital ficando maior, vai se tornando mais importante compreender o conceito de Internet das Coisas. Pensando nisso, elaboramos esse texto sobre essa ideia e como ela afeta o seu dia a dia.

O que é a Internet das Coisas e de onde vem esse termo?

Desde o surgimento da internet e de sua popularização, diversos visionários já imaginavam um mundo onde tudo poderia se conectar de forma a facilitar a vida dos usuários. Em 1999, no MIT, Kevin Ashton colocou em pauta o termo Internet das Coisas e, pouco tempo depois, escreveu um artigo tratando desse tema. Sua ideia principal era a de que, com a limitação do tempo e a pesada rotina das pessoas, elas começariam a se conectar à internet por outros meios que não o computador. Para Ashton, tudo de que já dispomos hoje ainda está longe do que ele espera.

A ideia de conectar todo tipo de dispositivo à internet vem, de fato, se tornando popular nos dias de hoje e vemos cada vez mais objetos com wi-fi e conectividade com outros dispositivos. Selecionamos aqui alguns itens para servirem de exemplo e deixarem mais clara essa ideia.

Smartwatch

Para os que pensavam que o relógio não evoluiria mais do que já havia até alguns anos atrás, eis que resolveram conectá-lo à internet e dar-lhe funções que antes não eram suas. Agora, com direito a diversos sensores, sistema operacional e tudo o mais, os smartwatches vêm ganhando seu espaço no mercado, dada sua capacidade de facilitar o processo de manter o usuário conectado.

Marca-passo

O marca-passo, assim como qualquer item eletrônico, está suscetível a falhas.

Entretanto, graças à Internet das Coisas, até mesmo esses itens têm sido cotados para se manterem conectados, para evitar, assim, esses tipos de riscos. Visando extinguir todas as possibilidades de problemas, esses aparelhos vêm sido desenvolvidos e exaustivamente testados para que, a qualquer eventual falha ou acidente com o paciente, seja enviada uma mensagem ao médico para que ele já possa tomar as devidas providências ao seu alcance.

Google Glass

Com comandos de voz e um microcomputador acoplado à sua haste, o Google Glass funciona basicamente como um celular cuja “tela” é a sua lente. Você continua enxergando normalmente, porém com seu celular em segundo plano, pronto pra receber comandos e capturar as imagens que você está vendo naquele exato momento.

Smart TV

Um item que já vinha sendo estudado há muito tempo como candidato para se conectar à internet são as televisões. Apenas a conectividade com a internet não significaria muita coisa, mas ao alinhar isso com todas as possibilidades que o mundo digital nos traz, surgem novas maneiras de se consumir e se pensar a televisão.

A conectividade de diversos itens à internet tornou possível a existência de um mundo que antes não era esperado nem conhecido. Hoje, com apenas um relógio, podemos medir a distância que caminhamos, os passos que foram dados e qual foi a média de batimentos cardíacos até ali — um paraíso para aqueles mais ligados a saúde. E você, já parou pra pensar em como a Internet das Coisas afeta sua vida?

Cobertura para Smartwatch Você sabia que existe seguro para smartwatch?
Faça uma cotação »