Roubo de bicicleta: como evitar?

roubo de bicicleta

O roubo de bicicleta é uma situação muito chata, mas que infelizmente acontece com certa frequência nas cidades brasileiras. Por isso, é importante tomar algumas atitudes para evitar essa perda e ter a sua bike por mais tempo, além de ter segurança para pedalar por aí.

É interessante conhecer a diferença entre roubo e furto. No primeiro caso, a pessoa vê a ação acontecer, enquanto no segundo a vítima não está acompanhando. As duas situações são comuns quando falamos de bicicletas, portanto, é preciso se prevenir contra os dois tipos de perda.

Pensando nisso, trouxemos algumas dicas para evitar o roubo de bicicleta e os furtos. Confira nossas sugestões e tome os cuidados necessários!

Evitar pedalar em locais ermos e escuros

Uma maneira de se proteger contra os roubos é evitar pedalar em locais isolados e com pouca iluminação. Ruas desertas, principalmente, no período da noite, são uma oportunidade para que os ladrões entrem em ação. Por isso, é essencial evitar esse tipo de local, ainda mais quando você estiver sozinho.

A ação dos ladrões é semelhante aos casos de roubo de carro, ou seja, eles esperam a melhor oportunidade para agir. Por isso, procure sempre andar por lugares movimentados, como grandes ruas e avenidas, de preferência, com ciclovias. Andar em grupo também é uma forma de se proteger contra os roubos, pois a quantidade de pessoas pode afastar a o interessado no crime. Lembre-se sempre de não reagir, mesmo que esteja em maior número. 

Planejar o trajeto

Uma das maneiras de evitar surpresas durante sua pedalada é saber a segurança do trajeto que vai fazer, pois isso dá a possibilidade de evitar locais que sejam potencialmente mais perigosos. Portanto, antes de sair para o seu passeio, é interessante planejar o caminho que será percorrido.

Muitas pessoas deixam o trajeto livre, o que pode levar a caminhos que não sejam tão seguros, como ruas pouco movimentadas ou mal iluminadas. Se possível, ande sempre em locais com ciclovia ou ruas e avenidas que sejam utilizadas por outros ciclistas. Essas precauções diminuem a probabilidade de que algo aconteça.

Estar sempre atento

Pedalar pode ser uma atividade bastante prazerosa, mas é importante estar alerta durante os passeios. Muitas vezes, os ladrões estão à espera de um ciclista que esteja descuidado, distraído e sozinho, tornando o possível assalto mais fácil.

O estado de atenção permite que você veja alguma movimentação estranha e tenha tempo de buscar um local com mais pessoas e movimentação, diminuindo a probabilidade de que o roubo aconteça.

Usar cadeados apropriados

Os cadeados ainda são uma das formas mais eficientes de se proteger contra furtos de bike. Quem está na rua para furtar bicicletas está muito bem-preparado para arrombar a maioria dos cadeados comuns.

Uma boa solução, então, é utilizar dois tipos de cadeados. Sempre escolha modelos diferentes para dificultar o trabalho dos ladrões. Além dos cadeados, as travas D-Lock, ou U-Lock, de ferro maciço, também são excelentes para prender a roda traseira e atrasar os assaltantes.

Com U-Lock de aproximadamente 18 mm, por exemplo, o ladrão vai precisar de um bom tempo para cerrá-lo, o que dificulta o furto. Portanto, é essencial deixar o material justo na bike, o que dificulta bastante a ação dos criminosos.

Escolher bem onde vai prender a bike

A escolha do local correto para prender a bike é fundamental para evitar o furto. É preciso cuidar da iluminação do local, evitando espaços que sejam escondidos ou escuros. O ideal é achar um lugar que tenha bastante movimentação, tanto de pedestres quanto de veículos. Se possível, dê preferência para locais que ficam em frente a lojas com muito movimento ou perto de pontos de ônibus.

Outra questão importante é escolher em que tipo de estrutura fixar sua bicicleta. O furto é facilitado quando ela está presa em uma grade muito fina, ou a um poste com menos de quatro metros de altura.

Sendo assim, o ideal é utilizar os bicicletários, principalmente, aqueles em que a bike pode ser fixada a dois ferros distintos, que ficam presos ao chão. Como não é comum ter acesso a esse tipo de estrutura, procure por postes altos e resistentes, assim como grades fixadas ao chão e feitas de metal espesso.

Usar mais de uma trava

Os ladrões nem sempre conseguem levar a bicicleta, entretanto, eles ainda podem levar partes móveis do veículo. Algumas bikes têm rodas e selim que são retirados com facilidade. Ao perceber isso, o ladrão pode roubar partes dela, como levá-la sem uma roda ou apenas o banco.

Por isso, é preciso substituir os sistemas mais simples por opções com travas de segurança, já que elas aumentarão a proteção do seu veículo. Isso dificulta a ação do ladrão, que prefere encontrar bikes mais fáceis de serem roubadas.

Ter o número de série da bicicleta

Muitas pessoas não sabem, mas toda bicicleta tem um número de série que a identifica. Por isso, é preciso solicitar ao vendedor que esse dado seja informado na nota fiscal. Inclusive, mesmo que a nota já tenha sido emitida, você pode pedir a segunda via.

Essa informação é fundamental para recuperar sua bicicleta, caso ela seja roubada no futuro. Com esse tipo de serviço, quando há a tentativa de repassar uma bike roubada, basta consultar a procedência para verificar se ela não é proveniente de roubo ou furto, diminuindo a facilidade da venda desses veículos pelos ladrões.

Neste artigo, trouxemos algumas dicas para você se proteger contra o furto ou o roubo de bicicleta. Além do que já foi falado, é interessante investir em um seguro da bike, que traz algumas coberturas interessantes para os ciclistas. Esse tipo de assistência protege contra roubo de bicicleta. Portanto, vale a pena investir nessa alternativa para ter mais segurança durante suas pedaladas.

Gostou das nossas dicas sobre o tema? Então, entre em contato conosco e conheça as alternativas de seguro de bike que a Porto Seguro oferece!