Fake News: no dia da mentira (e nos outros também), aprenda a escapar de notícias falsas

Conhecidas popularmente como fake news, estas “notícias” possuem um poder viral muito grande e acabam se espalhando rapidamente, colocando muitas pessoas em situações de risco. Mas como se proteger delas? No dia da mentira, vamos ajudar você a desvendar com facilidade uma notícia falsa. Siga lendo e aprenda:

  • O significado de fake news;
  • como as fake news são criadas;
  • como aprender a identificar fake news;
  • o que fazer quando receber uma fake news.

O significado de fake news e como elas são criadas

O que são fake news? Na tradução literal, é uma notícia falsa. Elas são escritas com teor tendencioso e normalmente são publicadas em veículos de comunicação não confiáveis.

Elas acabam enganando o leitor por possuir um molde de escrita semelhante a uma matéria jornalística, mas seu conteúdo é totalmente distorcido, trazendo uma opinião pessoal sobre um acontecimento.

As fake news não são criadas para informar. Muito pelo contrário. Seu principal objetivo é criar um boato/fofoca para prejudicar uma pessoa ou grupo específico. Elas ganharam popularidade em 2016, nos EUA, na corrida eleitoral entre Donald Trump e Hillary Clinton e desde então cresceram tanto que são utilizadas especialmente por criminosos que desejam roubar dados e informações de usuários na internet.

As fake news começaram a ser criadas originalmente em blogs, depois, adentraram o universo das redes sociais e ali, encontraram um terreno fértil para se reproduzir. Mas você pode estar se perguntando, qual a razão para alguém inventar uma fake news? Eis alguns motivos:

  • Para ganhar compartilhamentos e visualizações na internet;
  • para desestabilizar uma figura pública e manchar sua imagem;
  • para levantar monetizações com acessos em seus sites e vídeos;
  • para roubar dados e até mesmo dinheiro de pessoas menos informadas;
  • por interesses políticos, para distrair a população em um momento específico.

Como aprender a identificar fake news?

O primeiro passo para aprender a descobrir se uma notícia é falsa é ter curiosidade. Isso mesmo. Desconfiar de tudo que se lê é o primeiro passo, pois você irá buscar por mais fontes que confirmem se a informação passada para você é verdadeira. Quanto à característica dessas notícias, desconfie se elas:

  • Trazem muitos adjetivos no decorrer do texto. O jornalismo evita a adjetivação;
  • trazem uma opinião muito pessoal, apelando várias vezes para o emocional, utilizando-se de afirmações dramáticas;
  • se em algum momento convidam você a compartilhar o texto com mais pessoas;
  • se elas não possuem o nome do autor responsável pela apuração dos fatos;
  • possuem algum erro de português, trechos em maiúsculas ou uso excessivo de pontos de exclamação;
  • se trazem algum dado sem fonte ou com uma fonte “desconhecida”. Geralmente esses dados são exagerados;
  • por onde ela chegou até você: Whatsapp, Facebook é um sinal vermelho;
  • o tempo verbal: notícias falsas usam muito a flexão verbal “eles disseram”.

Como apurar a fonte de uma notícia?

Recebeu uma notícia, mas ficou em dúvida quanto à sua credibilidade? Você mesmo pode apurar se ela é verdadeira ou falsa através de algumas pequenas ações. Serão alguns minutinhos que você irá levar para poder ficar tranquilo ao compartilhar o link.

1. Verifique a URL da notícia recebida

Normalmente os sites de notícias que espalham fake news tentam imitar o de jornais conhecidos. Ao conferir a URL e notar que ela se assemelha, mas não é igual a de veículos com credibilidade, não compartilhe pois é uma fake news.

2. Confira se as imagens são realmente verdadeiras

Muitas notícias e vídeos viralizam rapidamente por conter cortes ou por passarem em um editor de imagens que nos confundem visualmente. O google imagens possui uma ferramenta de busca por imagens, logo, basta salvar a foto e fazer o upload e o site irá mostrar o histórico dela, facilitando seu entendimento se ela é verdadeira ou falsa.

3. Fique atento à data de publicação das notícias

É comum que notícias antigas sejam compartilhadas como se fossem novas e ganhem uma repercussão grande. Confira a data de publicação antes de compartilhar. Elas costumam ser muito comuns quando o assunto gira em torno da esfera financeira e política.

O que fazer quando receber uma fake news?

Se você receber uma notícia falsa de uma pessoa conhecida e conseguir identificar imediatamente, avise de forma amigável que a informação é falsa e envie em resposta o link verdadeiro sobre a informação.

Caso saiba que não vai ser bem recebido ao afirmar logo de cara que a notícia é falsa, converse pelas “beiradas” e tente uma abordagem menos direta, mas ainda assim eficiente, dizendo por exemplo: “Interessante, vi algo relacionado a isso que você enviou, mas com uma versão dos fatos diferente” e só então, envie o link certo.

E quando alguém próximo receber uma fake news? Relembre seus familiares e amigos que ninguém deve repassar senhas e dados próprios por telefone. Alguns golpes mais conhecidos pedem essas informações via Whatsapp e outros canais de comunicação como Telegram e Messenger. Fique ligado nos golpes mais comuns que estão rodando pela internet para não cair neles:

  1. WhatsApp clonado: quando um criminoso finge ser uma pessoa ou empresa conhecida e começa a fazer pedidos estranhos, como depósitos e senhas.
  2. O Ministério da Saúde marcando a vacinação de covid: Criminosos têm entrado em contato via Whatsapp para fazer o “agendamento” da vacinação mediante algumas “informações”. A vacinação contra a covid-19 não é feita dessa forma e o Ministério da Saúde não entra em contato com a população via canais não oficiais.
  3. Mensagens convidando para acessar links: normalmente, estes links possuem vírus que podem acessar seu aparelho para roubar dados. Não acesse nenhum link enviado por redes sociais que não tenham a URL confirmada.

As fake news estão cada vez mais “profissionalizadas”, então, é possível que em algum momento você receba uma dessas notícias e sinta-se tentado a acreditar. Pense duas vezes antes de compartilhar, faça o trabalho de apuração que ensinamos acima e mantenha-se protegido. Ah! Recebeu algo sobre a Porto Seguro e achou estranho? Denuncie! Lembre-se que não entramos em contato para solicitar seus dados de forma alguma. Acesse o link da nossa ouvidoria e informe caso você receba uma fake news a nosso respeito.