Passo a passo: saiba como tirar o visto americano

Embora o passaporte brasileiro seja bem aceito em quase todo mundo, dependendo do seu destino de viagem, você precisará tirar um visto e cumprir alguns requisitos de admissão no lugar de destino. Esse é o caso do país preferido dos brasileiros para passar as férias: os Estados Unidos. Em São Paulo, por exemplo, são registradas cerca de 2 mil solicitações de visto americano por dia, segundo o CASV (Centro de Atendimento à Solicitação de Vistos).

Para ter sucesso, é preciso solicitar o visto americano correto para o seu objetivo específico no país (turismo, negócios, educação, trabalho, etc.) e apresentar a documentação exigida em cada etapa da obtenção do visto. Para sanar dúvidas e garantir o sucesso nos planos de viagem, eis um guia para se orientar na hora de tirar o visto americano. Acompanhe:

Como tirar o visto americano?

1. Preencha o formulário on-line

Na primeira etapa do processo, você deve preencher o formulário DS-160, disponível on-line na página do Departamento de Estado Americano. Trata-se de um questionário longo, que pode levar mais de uma hora para ser completamente respondido. Desde que guarde o seu número de Application ID, é possível salvar o trabalho feito e continuar mais tarde o preenchimento.

Além de fornecer informações sobre documentos, é preciso responder questões sobre educação, trabalho, visitas anteriores aos Estados Unidos e histórico policial. As perguntas estão em inglês, mas, ao posicionar o cursor do mouse sobre o texto, o site oferece uma tradução para o português. Outros tipos de visto podem exigir formulários adicionais.

2. Envie o formulário

Ao final do preenchimento, você deve escolher onde fará a entrevista. No Brasil, há opções de seções consulares em Recife (PE), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Brasília (DF).

3. Agende a entrevista

O agendamento da entrevista pode ser feito tanto pelo site quanto pelo call center . A disponibilidade de datas varia muito, portanto, é bom se adiantar para não correr o risco de perder a viagem. Se ela será feita em família, até dez pessoas podem marcar a entrevista para o mesmo horário, desde que cada um tenha o seu próprio formulário preenchido.

4. Pague a taxa


Uma taxa individual (MRV) de 160 dólares deve ser paga durante o agendamento do visto de turismo. O pagamento pode ser feito com cartão de crédito, boleto bancário ou em dinheiro, em agências do Citibank e o comprovante precisa ser guardado e apresentado no dia da entrevista.

Para outros tipos de visto, outras taxas podem ser cobradas e pagas tanto pela internet como no próprio consulado. Esteja atento às especificidades do seu visto.

5. Colete impressões digitais

Antes da entrevista, você terá que comparecer a um Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV) com seus documentos e comprovantes de pagamento. Ali, os funcionários do centro retirarão as impressões digitais dos dez dedos das mãos e farão uma foto do seu rosto.

Desde novembro de 2016, óculos de grau não podem ser usados durante a fotografia. Por isso, se tiver a opção, prefira ir de lentes de contato. E cuidado com os cabelos: franjas não podem cobrir nenhuma parte do rosto.

6. Compareça à entrevista

No dia da entrevista, o objetivo do candidato ao visto deve ser o de comprovar seus objetivos com a viagem. Então, esteja preparado para expor de modo claro e conciso suas intenções, o tempo que pretende permanecer no país e o que o motivou a fazer a visita.

Em caso de turismo, não é recomendado comprar as passagens de avião antes de ter o visto emitido em mãos, pois há o risco de não ser aprovado e você, ainda, não ser reembolsado. Também é fundamental apresentar a contratação de  um seguro de viagem que cubra eventuais despesas médicas e emergências do viajante, já que os Estados Unidos não dispõem de qualquer serviço público que atenda estrangeiros. Mostre que você tem um bom planejamento.

Comprovar o vínculo com o Brasil também ajuda: leve a carteira de trabalho assinada, o comprovante de que está estudando e o comprovante de endereço. Mas só apresente o que for pedido.

Para vistos de negócios, documentos da empresa, contatos com os clientes, cartas de recomendação de fornecedores ajudarão. Já no caso de vistos de estudante, cartas de admissão e formulários preenchidos pela instituição de ensino americana serão necessários.Para visto de trabalho, serão pedidos documentos que comprovem sua formação, a intenção do empregador americano em tê-lo como funcionário e suas condições de executar o serviço.

As entrevistas podem ser feitas em inglês no caso dos vistos de negócios, de trabalho ou de estudos, mas para turismo isso raramente acontece. Em todos os casos, é importante comprovar que você dispõe de recursos para se financiar durante sua estadia. Extratos bancários, documentos de bolsas de estudos, holerites, etc., serão seus aliados.

No consulado, não é permitido entrar com bolsas, celulares ou qualquer aparelho eletrônico. Há revistas rigorosas, inclusive com o uso de detectores de metais. O ideal é ter consigo apenas uma pasta com os documentos e a carteira com dinheiro. Chegue com antecedência porque, apesar de ter horário marcado, você terá que encarar uma fila. E mantenha a calma. Os funcionários do consulado costumam ser profissionais e gentis.

7. Retire o documento

O visto de turismo tem validade de dez anos, mas a validade de outros tipos pode variar. O passaporte pode ser retirado pelo titular no Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto ou entregue pelos Correios, em casa ou no trabalho. Os passaportes ficam prontos entre dois e sete dias úteis após a entrevista.

Existem diversos tipos de vistos americanos, mas quase todos eles seguem os procedimentos listados acima. Em caso de recusa, o governo americano se compromete a explicar os motivos pelos quais o visto foi negado. Na página do Consulado, há uma seção com respostas a perguntas mais frequentes sobre os vistos.

Não se preocupe! Seguindo esses passos, você conseguirá seu visto. Ajude outras pessoas a também se informarem sobre o que fazer nessas horas e compartilhe este post nas redes sociais. Você pode ajudar um amigo a obter o sonhado visto americano!

Mais tranquilidade em sua viagem

Um seguro viagem traz mais conveniência e pode prevenir seu passeio de imprevistos e outros custos.

Faça uma cotação »