6 dicas para uma viagem tranquila e segura ao México

Viajar para o México tornou-se o desejo de muitos viajantes, especialmente por tratar-se de um país repleto de atrativos culturais e naturais, com paisagens que vão de praias paradisíacas banhadas pelo mar do Caribe a montanhas e, como se não fosse o bastante, o local ainda conta com muitas zonas arqueológicas e ruínas de antigas cidades do povo Maia — como Chichén Itzá e Tulum.

Outro ponto que faz com que as pessoas se interessem pelo país é a receptividade e a alegria do povo mexicano, que costumam recepcionar muito bem os turistas. Além de todos os esses benefícios, o país ainda conta com preços atrativos, voos diretos a partir do Brasil e cultura muito próxima à nossa.

Sempre há algumas observações a serem levadas em consideração antes de montar um roteiro para o México. Por isso, veja as nossas dicas para não ter problemas durante a sua viagem!

1. Saiba qual moeda levar

Ao viajar para o México é preciso conhecer a moeda local — que, no caso, é o peso mexicano, e essa moeda vale menos do que o real.  Com o câmbio atual, R$1,00 vale aproximadamente 5 pesos mexicanos.

Não é preciso e nem recomendado comprar dólares para viajar para o país, uma vez que não é permitido que os comércios aceitem dólares americanos. Assim, para evitar uma conversão dupla, basta trocar diretamente seu dinheiro por pesos mexicanos.

Para realizar a troca dos reais por pesos mexicanos é preciso dirigir-se a uma casa de câmbio e o ideal é realizar essa etapa no Brasil, porque o câmbio diretamente no México costuma ser mais desfavorável. Também é possível utilizar cartão de débito ou crédito no país. No entanto, nesse caso, é preciso pagar IOF — um imposto brasileiro que incide sobre operações de crédito, câmbio e seguros, que para compras fora do Brasil costuma ser mais alto.

2. Cuidado com a pimenta

É comum vermos em filmes, por exemplo, que os mexicanos têm uma gastronomia bem apimentada e, de fato, trata-se de uma afirmação verdadeira. É comum que eles coloquem o tempero nas batatas, nos ovos e até mesmo nos doces das crianças e na cerveja — as populares “micheladas”, sendo que a mistura mais comum é composta por cerveja, sal, limão e pimenta.

Todas as pessoas que não tem muita experiência com o tempero devem ter cautela. Nesses casos o ideal é sempre perguntar ao garçom se o prato contém pimenta e, mesmo assim, prove uma pequena quantidade antes de comer uma grande porção. O que para um nativo local muitas vezes não é picante, para você pode ser. Também é importante saber que muitas vezes os mexicanos se referem à pimenta como “Valentina”, a marca mais popular do tempero no país e que eles costumam utilizar em grandes quantidades.

Por fim, ainda é preciso ter cautela com os molhos que são colocados à parte, na mesa, pois se a pimenta não está misturada na comida, é porque até mesmo os mexicanos a consideram forte. Para evitar esse tipo de situação, o ideal é sempre pedir uma bebida bem gelada que seja capaz de aliviar o ardor antes de provar qualquer comida.

3. Não se esqueça das gorjetas

Assim como ocorre em muitos outros países, no México, há o costume de deixar gorjeta a todos os prestadores de serviços — como frentistas, garçons, entre outros. O mais comum é oferecer como gorjeta por volta de 10% do valor total consumido. Não deixar a gratificação costuma ser considerado como falta de educação e é uma prática muito mal vista no país.

Em locais como restaurantes, bares e cafés, da mesma forma como ocorre no Brasil, muitas vezes o valor referente à gorjeta já vem incluído na conta. Portanto, é preciso ficar atento para não fazer o seu pagamento duplicado.

4. Cuidado com a segurança

O México é, em geral, um país seguro e pacífico. No entanto, assim como em todos os locais, é preciso tomar alguns cuidados com relação à segurança.

Para não correr nenhum risco, o ideal é pesquisar sobre os locais que você pretende visitar antes de comprar uma passagem, pois lugares como Acapulco, a cidade que ficou famosa no Brasil graças ao seriado Chaves, atualmente não é um lugar muito seguro.

No entanto, os demais locais que estão na rota da maioria dos turistas, como a Cidade do México e a Península de Yucatán, no Mar do Caribe, são destinos seguros e dificilmente ocorrem episódios de violência explícita, como roubos à mão armada.

Apesar disso, o ideal é sempre cuidar de seus pertences para evitar furtos (especialmente nos grandes centros). Além disso, ao viajar de carro pelo país, prefira sempre trafegar pelas grandes rodovias principais.

5. Fique atento às tomadas e voltagem

Ao viajar para o México é preciso atentar para as tomadas do país, uma vez que são diferentes das do Brasil. Nesse país, as tomadas, em geral, são como as americanas e contam com dois pinos achatados. Além disso, a voltagem em todo o país é de 110V.

É sempre bom ficar atento a todos os detalhes, pois deixar de considerar essas informações pode fazer com que o viajante queime algum de seus pertences ao conectá-lo na voltagem errada ou, ainda, não consiga carregar os seus utensílios eletrônicos durante a viagem. Para evitar esse tipo de problema, o ideal é colocar em sua lista de viagem um adaptador internacional.

6. Não se esqueça do seguro viagem

É fundamental contratar o seguro viagem em todos os passeios, afinal, mesmo após tantos planejamentos, imprevistos podem acontecer. As deliciosas comidas mexicanas podem causar problemas de saúde que necessitem um atendimento especial aos turistas estrangeiros que não estão acostumados com esse tipo de tempero ou que até mesmo são alérgicos a pimenta, por exemplo.

Além disso, caso você precise de um atendimento de emergência, contar com a assistência pública de saúde mexicana pode demorar. Além disso, em uma viagem ninguém deseja esperar durante dias por atendimento médico, não é mesmo? Sendo assim, contratar um seguro viagem para viajar não só ao México, mas também para qualquer país, é extremamente importante.

Opções, como o Seguro Viagem da Porto Seguro, oferecem atendimento 24 horas por dia em português, além de assistência em caso de extravio de bagagens e descontos em hotéis para pets. Avaliar coberturas como essas podem fazer diferença se acontecer algum imprevisto durante a sua viagem.

O México é um destino com diversos atrativos, além do bom custo-benefício! Assim, se você pretende viajar para esse país incrível, não deixe de se planejar e estar preparado para viver uma experiência inesquecível.

Se você se interessou sobre o tema, continue a visita no blog e leia agora mesmo o nosso texto “7 dicas para sua viagem de férias não ter erro”.

Já conhece o Porto Seguro Viagem?

Com ele, você tem atendimento em português, 24h por dia, além de desconto em hotéis para pets.

Faça uma cotação »