Entenda o que fazer quando o gás está vazando

Gases de cozinha requerem cuidado, quando se trata de acidentes domésticos. Por isso, é fundamental saber o que fazer quando o gás está vazando.

No caso do gás do botijão de cozinha, por exemplo, seu vazamento é mais facilmente percebido — afinal, os fabricantes adicionam mercaptano, um aditivo que apresenta aquele odor que conhecemos.

Contudo, não podemos confiar apenas no olfato para identificar e lidar com um vazamento de botijão de cozinha. Se algum incidente ocorrer, você precisa saber exatamente o que fazer.

Mas, fique tranquilo! Diante de qualquer vazamento, existem formas corretas para solucioná-lo. A seguir, você descobrirá os melhores procedimentos para a segurança de todos. Confira!

Aja sempre de forma preventiva

Antes de ter qualquer forma de vazamento em casa, seria interessante preveni-la, certo? Portanto, ao receber um novo botijão de gás, por exemplo, você deve verificar se já existe algum tipo de vazamento. Caso você note algum problema no produto, entre em contato imediatamente com a distribuidora e peça a troca do item.

Conheça os maiores riscos de um vazamento

Saber como age o gás presente no botijão já ajuda bastante. Por isso, vale ressaltar que ele é mais pesado que o ar, então, fica acumulado próximo ao chão quando ocorre um vazamento. Porém, é preciso se lembrar que, apesar da sua densidade, ele não deixa de ocupar todo o ambiente com o tempo. Por isso, existem vários riscos envolvidos, como:

  • explosão: se ninguém nota o vazamento, o gás se acumula no ambiente e, em contato com algum aparelho elétrico ou interruptor, pode ocasionar uma simples faísca e causar uma explosão e também um incêndio;
  • asfixia: como no exemplo do gás de aquecedor, o vazamento de um botijão de cozinha também causa asfixia, principalmente se a pessoa no local estiver dormindo ou inconsciente por alguma razão;
  • intoxicação: com um vazamento grave, o ar vai se tornando cada vez menos respirável. Caso não ocorra a asfixia, mas a pessoa já tenha inalado grande quantidade da substância, há grandes chances de intoxicação, que pode ter sequelas e complicações sérias.

Além de todos os problemas apresentados, caso aconteça um vazamento seguido de explosão em um ambiente como um condomínio ou prédio, várias vidas correm risco. É claro que também não podemos desconsiderar os enormes prejuízos materiais que tal fatalidade ocasionaria.

Todavia, conhecer esses riscos não quer dizer que eles vão acontecer. Se você estiver com as melhores práticas em dia, é praticamente certo que a sua casa fique livre de incidentes e em segurança.

Identifique o vazamento de gás

Para que nada disso ocorra, o ideal é perceber o vazamento do gás o quanto antes. O cheiro já ajuda muito a identificar de onde vem o problema — da própria casa, da casa do vizinho etc.

Porém, para ter mais certeza, é interessante passar uma esponja embebida de água e detergente na base do registro. Caso surjam bolhas de sabão, você encontrou o vazamento. A partir daí, siga as instruções dos próximos tópicos.

Feche o registro que permite a saída de gás do botijão

Se você sentiu o cheiro de gás e identificou o vazamento com o teste da esponja, feche imediatamente o registro e saia do ambiente. Afaste todas as pessoas do local.

Caso o seu botijão fique dentro de casa — o que é um erro, principalmente se ele estiver próximo ao fogão — o ideal é fechar o registro, retirá-lo do eletrodoméstico e colocá-lo em um lugar arejado. Para realizar a ação, lembre-se apenas de que ele deve ficar sempre na vertical, a fim de evitar qualquer tipo de acidente doméstico.

Saiba o que fazer com aparelhos e caixas de eletricidade

Atenção! Em caso de vazamento de gás, se a caixa de eletricidade ficar do lado de fora da casa, você deve desligar todas as suas chaves. Porém, se estiver em um ambiente fechado, próximo ao vazamento, não toque em nada. Isso inclui não mexer em interruptores, aparelhos domésticos, celulares ou qualquer outro eletrodoméstico que possa produzir faíscas.

Abra portas e janelas

Todos os riscos elencados anteriormente são mais suscetíveis de acontecer se o ambiente estiver fechado e propício para um acúmulo mais rápido do gás. Então, abra todas as portas e janelas da residência, para fazer com que o ar circule livremente.

Tenha um seguro residencial

Para garantir mais segurança e tranquilidade, evitando imprevistos e dores de cabeça, conte com um seguro residencial. Assim, por mais que você saiba o que fazer quando o gás está vazando, você terá a garantia de que a sua casa e a sua família estarão amparadas caso algum imprevisto aconteça.

Um bom seguro residencial cobre vários prejuízos que sua residência possa ter. Isso vai desde danos elétricos, incêndio, explosão — por vazamento de gás, por exemplo — e danos por fumaça, até roubos ou furtos, danos a terceiros, quebra de vidros e espelhos e muitas outras situações. Com o seguro, diversos tipos de bens estão amparados, como móveis, eletrodomésticos, roupas, perfumes e até documentos importantes.

Além de todas as dicas apresentadas até aqui, vale ressaltar que um botijão de gás não deve ficar exposto ao sol ou chuva. Além disso, é altamente perigoso deixar o produto em outros locais fechados, como porões, vãos de escada, armários, gabinetes ou subsolos.

Saber o que fazer quando o gás está vazando é fundamental, mas evitar o vazamento é ainda mais prudente, não é mesmo? Portanto, faça uma boa vistoria no botijão assim que ele chegar na sua casa, pois isso vai evitar acidentes futuros.

Que tal aproveitar o assunto e já conferir o nosso Seguro Residência Habitual? Com ele, você mantém seu patrimônio e sua família seguros, independentemente do que possa acontecer!

Agora que você já conhece as vantagens, que tal fazer o cálculo do seguro para sua residência?

Faça uma cotação »