Vai casar? Saiba como organizar a vida financeira a dois

Vai casar? Como organizar a vida financeira a dois

Se organizar a vida financeira quando se está solteiro já é um desafio, depois do casamento os desafios se tornam ainda maiores, principalmente se não houver um planejamento e certa abdicação a determinados padrões.

O controle financeiro no casamento é deixar de lado alguns gostos e vontades momentâneas para conquistas e vitórias no futuro. Saiba como se organizar para curtir a vida a dois no azul:

1. Tudo é de todos

Independentemente de a renda da casa ser provida pelo casal ou por apenas um membro, o primeiro passo para garantir a harmonia no quesito financeiro é tratar o dinheiro como sendo de ambos.

Quando os desafios, as necessidades e os desejos são de todos, as finanças também serão. Por isso, o objetivo deve ser compartilhado pelo casal para que os “sacrifícios” também possam ser.

2. Organizando as contas

Faça uma reunião com ele ou ela para realizar o planejamento orçamentário, para a identificação da receita e das despesas, listar os valores recebidos, salários, bonificações e premiações (se tiver), empréstimos, entre outros pontos.

Depois disso, alinhe as despesas, priorizando as que tenham maior valor e que estão próximas do vencimento, já que essas devem ser pagas com antecedência. Contas como aluguel ou prestação do imóvel, água, luz, telefone, internet e com alimentação têm prioridade.

3. Criando um fundo comum

Com as despesas e entradas na mesa, dá para saber quanto irá sobrar no final do mês. Esse valor pode ser separado para criar uma reserva para o casal, que poderá ser usada em alguma emergência como conserto do carro ou da casa, medicamentos, tratamento odontológico, etc.

4. Planejando sonhos

Mesmo que, no planejamento, sobre pouca coisa no fim das contas, é muito positivo se esforçar para poupar alguma quantia para investir em um sonho, tanto para curto quanto médio ou longo prazo. Pode ser, por exemplo, um plano de previdência para o filho ou um investimento na previdência privada para garantir o futuro do casal.

5. Usando o cartão de crédito

No início do casamento, poder parcelar compras como eletrodomésticos e móveis pode fazer toda a diferença, mas é importante incluir essas parcelas no planejamento mensal para não ter surpresas desagradáveis e acabar deixando a fatura com o pagamento atrasado, gerando juros e correndo o risco de já começar a vida a dois no vermelho.

Todos os casamentos possuem seus altos e baixos, sentimentais e financeiros. Estar preparado para os imprevistos econômicos fará com que o casal alcance seus sonhos, objetivos e metas estipuladas, além de dar mais calma e tranquilidade para se preocupar com outros assuntos.

Vou casar

Precisa de ajuda com a sua vida financeira a dois?

Construa seu futuro aqui »