Vou trocar de carro: o que fazer com o seguro?

Vou trocar de carro: o que fazer com o seguro?

Diversos fatores nos levam a trocar de carro em algum momento de nossas vidas. Pode ser que uma promoção no trabalho te possibilitou buscar um modelo melhor e mais confortável ou então a família cresceu e você precisa de mais espaço. Até mesmo a depreciação natural pode ser o motivo.

O fato é que a hora chega e algumas dúvidas surgem. E não é apenas sobre a escolha do modelo novo e as formas de pagamento que deve ser pensado, você precisa saber também como lidar com o seguro do seu carro atual.

Se você já tem um seguro do veículo, deve imaginar que não vai simplesmente perder o investimento que fez. Existem procedimentos para que você transfira o serviço para seu novo carro e continue a usufruir dos benefícios.

No entanto, é bom saber quais procedimentos seguir e também entender que algumas mudanças ocorrerão com a transferência.

Por isso, mostraremos aqui tudo o que você precisa saber sobre o seguro no momento em que vai trocar de carro. Confira!

Por que manter o seguro?

gettyimages-471643900-1

Independentemente do motivo pelo qual você pretende trocar de carro, é interessante manter seu seguro. Pode ser uma opção por um modelo mais novo, consequentemente mais caro, ou por um carro que atenda melhor às suas necessidades e não gaste tanto. A questão é: quando você troca de carro, não espera gastar com imprevistos por, pelo menos, alguns meses.

Os gastos com documentação e a possibilidade de novas parcelas, em caso de financiamento, são pontos que você já tinha programado. Não é hora de ser surpreendido por um acidente no trânsito ou uma manutenção corretiva que não estava prevista — esse gasto surpresa pode se transformar numa enorme dor de cabeça.

Mantendo o seguro antigo no seu novo carro, você garante que seus gastos continuem dentro do previsto, já que era um valor com o qual você já contava dentro do orçamento. Além do mais, você não estará pagando um seguro novo, já que os valores que foram pagos serão considerados, como explicaremos à frente.

Mas o que significa exatamente transferir o seguro?

Transferência de seguro entre veículos

gettyimages-178628489-1

O processo se dá por meio de um documento chamado endosso. Trata-se de uma formalização das informações referentes à troca de veículo e transferência do serviço prestado para o novo carro.

A seguradora é responsável por elaborar este documento. Com essa transferência efetuada, ela também descreverá os serviços e custos referentes ao novo veículo e apresentará a você as possíveis condições de pagamento.

O valor do seguro varia de acordo com cada carro, então podem haver alterações. Em caso de aumento, a seguradora efetuará a cobrança dessa diferença. Porém, o valor também pode ser menor que o anterior. Se for esse o caso, você será reembolsado.

Para a solicitação dessa mudança, você deve considerar as condições que deseja para o novo contrato. Mostraremos aqui as possibilidades e como efetuar a transferência.

Alterações no seguro

Após a troca do veículo, a primeira coisa que você deve fazer é entrar em contato com o Corretor de seguros. Informe-o sobre a troca e passe os dados do novo veículo. Algumas informações serão solicitadas a você, e nessa hora você deve estar atento à oportunidade que surge.

A transferência do seguro para o novo veículo é um momento que possibilita reavaliar a sua necessidade em relação ao serviço prestado. Todas as mudanças necessárias devem ser informadas quando você entrar em contato.

Abrangência do seguro

gettyimages-136141534-1

Essa mudança inclui adicionar ou remover condutores, alterar o endereço residencial ou profissional, modificar a cobertura do seguro, entre outros.

Ponha no papel tudo o que você deseja. As alterações nas condições do seguro influenciam no valor final, por isso busque as condições que melhor atendam às suas expectativas.

Se seus filhos tiraram habilitação recentemente, você pode incluí-los como condutores. Porém, fatores como a idade alteram o valor do seguro, então lembre-se de confirmar a idade dos condutores já inclusos para saber se há diminuição do valor por estarem mais velhos.

Entenda os termos do seguro e busque pelo serviço que melhor atenda às suas necessidades.

Serviços adicionais

Verifique as opções de serviço oferecidas pela sua seguradora. Considere adicionar alguns itens, como socorro em caso de problemas mecânicos ou assistência 24 horas. Você pode personalizar o atendimento de acordo com aquilo que você mais precisa para o carro novo.

Por exemplo, se seus filhos passarão a utilizar o carro, os serviços de socorro dia e noite podem ser um algo a mais. Se você pretende rodar bastante, pois trabalha com o carro, mas tem medo de ficar na mão numa eventual quebra, o oferecimento de um veículo substituto pode ser vantajoso para você.

Veja então algumas dicas que vão facilitar sua vida ao solicitar transferência:

Trocar de carro e manter o seguro

gettyimages-495593934-1

Primeiramente, anote as questões mais simples. Nesse caso, são as informações do seu veículo anterior e as que se referem ao novo. Ano, modelo, placa do carro, etc. Tenha em mãos a documentação do seu seguro atual, pois ela apresenta de forma resumida aquilo que você precisa informar.

Em seguida, anote suas necessidades. O que mudou em relação à sua família, suas demandas diárias, a frequência de uso do carro, se é um modelo mais caro. Lembre-se também de fazer uma pesquisa em relação ao índice de roubo do novo veículo para levar em consideração ao negociar os novos valores com a seguradora.

Por fim, entre em contato e informe as alterações que deseja. Tenha em mente que você estará garantindo um controle dos seus gastos futuros com o veículo e, principalmente, um melhor aproveitamento daquilo que um carro novo pode oferecer.

Passado este processo, você poderá curtir seu carro novo sem a preocupação de não estar resguardado por um serviço especializado. Muitas vezes, trocar de carro pode ser um momento especial em nossas vidas. Decida a melhor opção em relação ao seu seguro e desfrute do seu novo veículo com tranquilidade.

Gostou do post? Então, assine nossa newsletter e aprenda mais sobre como cuidar do seu carro!

Já fez a cotação do seu seguro auto? Fale com o seu Corretor ou solicite uma proposta conosco.
Faça uma cotação »