Mitos e verdades sobre economizar combustível

Mitos e verdades sobre economizar combustível

Com os preços da gasolina se elevando, é comum que os motoristas busquem todo e qualquer tipo de prática que possa ajudar a economizar combustível na hora de dirigir. Entretanto, muitas das práticas difundidas, além de não serem verdadeiras, podem danificar o veículo e comprometer a segurança tanto do motorista quanto dos passageiros. Pensando nisso, resolvemos desvendar alguns dos mitos comuns a respeito de economia de combustível que circulam por aí. Acompanhe!

Calibrar mal os pneus afeta o consumo diretamente

Verdade. Quando os pneus dos veículos estão mais vazios, o atrito com o chão é maior, fazendo com que seja necessária uma força maior do motor para tirar o carro da inércia e mantê-lo em movimento — fazendo com que haja, consequentemente, um consumo maior de combustível. É importante manter os pneus sempre calibrados de acordo com o que for indicado pelo fabricante. Isso, além de garantir um menor consumo de combustível, proporciona maior segurança ao motorista e aos passageiros.

Abastecer com gasolina aditivada dá uma autonomia maior ao carro

É normal ouvirmos pessoas dizendo que a gasolina aditivada rende mais do que a gasolina comum — entretanto, isso é um mito. Na verdade, a gasolina aditivada possui a mesma autonomia da gasolina comum, e a única diferença é que o aditivo nela colocado ajuda na limpeza do motor. No entanto, é compreensível a existência desse mito, já que, com o tempo, um motor sujo pode vir a ter um consumo maior de combustível — e, ao efetuar a sua limpeza, por meio do uso contínuo de gasolina aditivada, ele poderá voltar ao seu desempenho original, criando assim uma impressão de maior autonomia.

Abrir os vidros ao invés de deixar o ar condicionado ligado ajuda a economizar

De forma geral isso é verdade: o ar-condicionado afeta diretamente o consumo de combustível do veículo, podendo chegar a um aumento de 20% dependendo do modelo. Mas, vale lembrar que andar com vidros abertos, especialmente acima de 80km/h, também aumenta o consumo, embora em menor escala — já que o vento afeta diretamente a aerodinâmica do veículo, provocando um atrito maior com o ar, o que faz com que o motor precise fazer mais força para manter a velocidade.

Colocar ponto morto na descida reduz o consumo

Mito. Descer engrenado na marcha correta consome menos combustível do que descer desengrenado. Isso acontece porque o carro engrenado entende que está na descida e não precisa fazer força, cortando a injeção de combustível no motor — o que não acontece quando colocamos o carro em ponto morto na descida. Além disso, descer de desengrenado também põe em risco a vida do motorista e dos passageiros, uma vez que o carro em ponto morto não pode aproveitar o freio motor.

Deixar as rodas desalinhadas não afeta o consumo

Mito. Um carro desalinhado possui um consumo maior do que se estivesse devidamente alinhado. Isso acontece porque, com as rodas desalinhadas, uma delas não poderá rodar normalmente, o que vai exigir mais força no motor — e, portanto, mais combustível — para manter o carro em movimento.

Algumas práticas e cuidados tomados pelos motoristas podem garantir maior autonomia para o veículo, além de proporcionar maior segurança para motorista e passageiros. Por isso, é muito importante sempre buscar informações precisas e verdadeiras para não prejudicar seu carro e não colocar em risco a sua vida ou a de quem anda de carro com você.

E você, achava que algum desses mitos era verdade? Mude seus hábitos desde já e garanta uma direção mais segura e econômica!

Alinhamento e Balanceamento

Deixe seu carro em dia e ainda economize no consumo de combustível

Leve ao Centro Automotivo Porto Seguro »