9 dicas para manter um sorriso saudável

A boca é um dos órgãos mais expostos do nosso corpo e pode ser a porta de entrada para diversos problemas dentários. Por conta disso, a prevenção em odontologia é, sem dúvida, a chave para a saúde bucal.

Com alguns cuidados simples é possível criar novos hábitos e manter sua saúde bucal em dia. Desta forma, você evita problemas como cáries, infecções, mau hálito, placa bacteriana, gengivite e até mesmo uma eventual perda de dentes por conta da falta de higiene.

Confira as recomendações da Drª Daniela Moreira Rosa Rossler, dentista do Porto Seguro Odontológico, e veja como é fácil prevenir problemas bucais:

Para bebês e crianças:

149353790

  • A higienização da boca do bebê, aliada a hábitos saudáveis aprendidos nos primeiros meses de vida, será levada para a vida adulta. Faça a limpeza da boca com uma gaze ou a ponta de uma fralda embebida em água filtrada.

530430075

  • Após o aparecimento do primeiro dente, deve-se fazer a escovação com uma escova de cerdas macias, arredondadas e de cabeça pequena.
  • Nos primeiros anos de vida, (até quatro anos), devem-se utilizar cremes dentais sem flúor e com sabores agradáveis para tornar o momento mais divertido e interessante à criança, ensinando-a sobre a importância da higiene e deixando-a realizar a escovação, tão logo ela manifeste esse desejo. Com isso, ela ganhará destreza e habilidade para escovar os dentes sozinha.

112798654

  • Evite criar hábitos que possam acarretar consequências desastrosas, como o uso de chupeta, a mamadeira em excesso e o hábito de chupar o dedo após os quatro anos de idade.

No dia a dia:

157740766

  • A supervisão da escovação das crianças deve ser feita até os nove anos de idade ou mais. Acompanhar a escovação dos filhos, principalmente a que precede a hora de dormir é fundamental, pois é o período em que ocorre uma diminuição na produção de saliva e os dentes ficam mais vulneráveis aos ataques ácidos.

622045146

  • As escovações devem acompanhar a frequência de refeições que se realiza no dia a dia. Devemos entender que os “lanchinhos”, principalmente com a presença de doces, devem ser considerados refeições que requerem higienização após serem feitos.
    O segredo está em não alimentar as bactérias que possuímos em nosso meio bucal com restos alimentares que ficam depois de qualquer refeição. Portanto, comeu, escovou;

480105837

  • A escolha de alimentos saudáveis influenciará diretamente na conquista da saúde bucal. Alguns alimentos não só prejudicam os dentes, mas também a saúde geral. Devem ser consumidos esporadicamente quando não, excluídos da dieta;

92275656

  • O uso do fio dental é muito importante, tão logo a criança possa manipulá-lo. Lógico que o bom exemplo e uma ajudinha no princípio são essenciais. Se os pais não usam, como cobrarão de seus filhos?

601144524

  • Visite o dentista regularmente e leve as crianças para que tenham higienização, uma boa condição clínica e também para aplicações periódicas de flúor.

Problemas de ordem dentária, ortopédica e funcional podem ser detectados logo cedo pelo odontopediatra ou ortodontista, isso pode significar um ganho inimaginável em tempo, dinheiro e para o sucesso do tratamento.

Amar realmente o filho significa também impor limites e buscar ajuda quando necessário.

Alguns cuidados valem para todas as faixas etárias. O importante é incentivar pais e filhos, chamando atenção para o caminho mais fácil e acessível para a obtenção da saúde bucal por meio da prevenção.

Gostou das nossas dicas? Compartilhe nas redes sociais e marque seus amigos!

 

Colaboração: Daniela Moreira Rosa Rossler – dentista do Porto Seguro Odontológico.